Orquídeas Epidendrum – Aprenda Como Cultivar Essas Plantas

O gênero das orquídeas epidendrum é um dos gêneros mais importantes das orquídeas.

Ele foi criado em 1763 por Carolus Linnaeus um botânico muito famoso.

O gênero epidendrum possui atualmente 1421 espécies aceitas e catalogadas.

Mas esse número já foi muito maior.

A grande importância que o gênero epidendrum têm para a história das orquídeas é que:

  • Ele foi um dos primeiros gêneros a serem criados para se classificarem as orquídeas.

Na época, foram incluídas todas as orquídeas consideradas epífitas que já tinham sido descobertas.

Lembrando que epífitas são aquelas que crescem em árvores.

Continue lendo esse artigo para aprender as principais características das epidendrums e também como cultivá-las.

Como Cultivar Orquídeas Epidendrum

Epidendrum-cottoniiflorum

Antes de começar, eu quero lembrar que esse é um gênero gigantesco, então algumas das dicas que são ensinadas aqui podem não se aplicar a todas as espécies.

Por isso o que eu recomendo é que você procure informações específicas sobre a espécie que você está cultivando.

Guia-Das-Orquídeas
Descubra Os Maiores Segredos Do Cultivo De Orquídeas

Este guia passo a passo já ensinou centenas de cultivadores iniciantes a terem orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores.

Digite seu e-mail abaixo e receba-o gratuitamente.

Seu e-mail está seguro

Na grande maioria das vezes, o cultivo das epidendrums é algo bem simples.

Essas plantas são muito resistentes e provavelmente você não terá muitas dificuldades para cultivá-las.

Temperatura e Luminosidade

Epidendrum-apaganoides

Elas têm uma boa resistência a temperaturas altas e baixas, podendo ficar bons períodos expostas ao sol.

O recomendado é que a temperatura não fique menor do que 10ºC e nem passe de 35ºC.

Para descobrir se sua orquídea está recebendo uma boa quantidade de luz, basta verificas as suas folhas.

  • Caso elas estejam mais amarelas do que o normal ou estejam queimadas, elas estão recebendo muita luz.
  • E se elas estiverem com um verde mais escuro, estão recebendo pouca luz.

Adubação

A adubação é algo que vai ajudar a sua planta a ter mais energia e produzir florações mais belas.

Para escolher o seu adubo, garanta que ele seja diluído na água e ao aplicar, aplique-o nas raízes, pois elas absorvem os nutrientes de uma forma mais eficaz do que as folhas.

A adubação deve ser realizada em média de 15 em 15 dias com uma força maior ou de 7 em 7 dias com o adubo sendo diluído.

Tome cuidado apenas para não adubar durante o período de dormência da planta.

Substrato, Umidade  e Rega

Epidendrum-cristatum

O substrato deve oferecer uma boa drenagem para sua orquídea.

Em muitos casos, substratos utilizados em orquídeas epífitas podem funcionar muito bem.

Já quanto a umidade, você deve procurar saber mais sobre o habitat natural de sua orquídea.

Pois algumas podem gostar de umidades altas enquanto outras umidades mais baixas.

Para aprender a regar sua orquídea, você pode ver o vídeo logo abaixo:

Sobre As Orquídeas Epidendrum

Orquídeas-Epidendrum

Como já dito, ao total existem 1421 espécies de orquídeas epidendrum.

Esse grande número de espécies, faz com que esse seja o 3º maior gênero entre as orquídeas [fonte], estando atrás apenas das:

Elas são nativas da América, desde os Estados Unidos, descendo por vários países até chegar na Argentina.

Dentre esses países, destacam-se:

  1. Peru
  2. Equador
  3. Colômbia

Mais especificamente, a grande maioria delas fica na Cordilheira dos Andes.

Atualmente além de orquídeas epífitas, também foram incluídas algumas orquídeas rupícolas (vivem sobre rochas) e terrestres.

Uma curiosidade sobre o nome epidendrum é que seu significado é sobre árvores, isso porque:

  1. Epi em grego é sobre.
  2. Dendron em grego é árvores.

As orquídeas epidendrum depois de certo tempo foram perdendo várias espécies para outros gêneros.

Isso porque com o passar dos anos as tecnologias foram evoluindo.

E graças a isso, foi possível classificar melhor as orquídeas.

Antigamente, orquídeas de vários gêneros como as:

  1. Encyclia
  2. Anacheilium
  3. Auliza

Também eram consideradas epidendrum.

Agora vamos ver um pouco sobre as características físicas dessas orquídeas.

Características

Epidendrum-cinnabarinum

Como esse é um gênero bem grande, existem muitas características variadas nessas orquídeas, como por exemplo, o tamanho.

Existem epidendrums com um tamanho extremamente pequeno não chegando a 5 centímetros.

Enquanto outras chegam a passar de dois metros.

Guia-Das-Orquídeas
Descubra Os Maiores Segredos Do Cultivo De Orquídeas

Este guia passo a passo já ensinou centenas de cultivadores iniciantes a terem orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores.

Digite seu e-mail abaixo e receba-o gratuitamente.

Seu e-mail está seguro

Quanto as folhas, podem variar muito, algumas possuem folhas mais grossas enquanto outras folhas mais dísticas.

Quanto ao seu labelo, uma característica muito interessante é que muitas vezes ele é grudado à coluna, formando assim uma espécie de tubo.

Essas orquídeas podem viver em muitos locais, alguns exemplos são:

  • Florestas úmidas
  • Pântanos
  • Cerrado.

Mas umas das principais características dessas orquídeas é a …

Floração

Epidendrum-fulgens

Sim a floração, o momento em que o cultivador é recebe os frutos de seu esforço no cultivo de orquídeas.

E as epidendrums gostam muito de produzir esses frutos para seus cultivadores, isso porque elas florescem várias vezes durante o ano, principalmente durante a primavera.

Suas flores são das mais variadas cores, veja abaixo algumas dessas cores:

  • Branco
  • Amarelo
  • Verde
  • Laranja
  • Entre várias outras (vermelho, rosa, purpura, etc)

O tempo médio de floração é 15 dias e logo após o término da mesma, pode ocorrer de surgirem novas mudas, também chamadas de keikis.

Para que você consiga uma nova floração em pouco tempo, basta cortar as hastes florais e em cerca de 2 meses sua orquídea vai florir novamente.

Agora vamos falar um pouco sobre o que você tem que fazer com sua orquídea para que ela chegue saudável até a floração.

Fotos De Epidendrums

Abaixo eu separei algumas fotos para que você possa ver como são essas orquídeas:

Epidendrum-difforme
Epidendrum difforme
Epidendrum-erectifolium
Epidendrum erectifolium
Epidendrum-fragrans
Epidendrum fragrans
Epidendrum-imatophyllum
Epidendrum imatophyllum
Epidendrum-Lanium-avicula
Epidendrum Lanium avicula
Epidendrum-medusae
Epidendrum medusae

Espécies de Epidendruns

Abaixo eu listei algumas das principais espécies de epidendrum e também as suas características:

  1. Epidendrum radicans: essa é uma das raras orquídeas desse gênero que são terrestres, ela é nativa de alguns países da América Central e também da América do Sul, normalmente suas flores são grandes e possuem um tom mais alaranjado.
  2. Epidendrum fulgens: descoberta em 1834, essa é uma planta brasileira, que pode ser encontrada na Serra do Mar em locais com uma altitude de até 100 metros. A epidendrum fulgens também é uma epidendrum terrestre, quanto as suas flores, elas vão se abrindo até que formam uma “bola de flores”.
  3. Outras epidendrum terrestres são a cinnabarinum e a imatophyllum

Conclusão

As dicas dadas acima provavelmente vão se aplicar a grande maioria dessas espécies.

Mas as orquídeas epidendrum são muito variadas, e por isso eu recomendo que você busque conseguir mais informações sobre a sua espécie.

E se você quer aprender mais sobre orquídeas, veja o artigo como cuidar de orquídeas.

Agora é a sua vez de me ajudar, se você gostou desse artigo, o compartilhe em suas redes sociais clicando em algum dos ícones logo abaixo.



1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *