Orquídeas Catasetum – Como Plantar e Cultivar Essas Orquídeas

O gênero das orquídeas catasetum contém cerca de 176 espécies.

Sendo a sua maioria espécies de orquídeas epífitas, algumas sendo terrestres ou rupícolas.

São encontradas principalmente no continente Americano, desde o México, passando pela América Central até o norte da Argentina.

Destacando-se a Floresta Amazônica, pela sua grande quantidade de espécies.

No Brasil inteiro, estima-se que existam 100 espécies.

Uma característica muito curiosa é que esse gênero tem a capacidade de ter flores de ambos os sexos e raramente hermafroditas.

5 Curiosidades Sobre a Catasetum

Orquídeas-Catasetum

  1. Grande parte das catasetum vivem em locais quentes, e por isso, uma temperatura mais alta normalmente é o recomendado para elas.
  2. Como dito anteriormente, elas possuem flores de ambos os sexos e hermafroditas (com menos frequência).
  3. Ela pode dar dezenas de flores, sendo que em algumas espécies são perfumadas.
  4. Após a floração, o pseudobulbo se torna espinhoso.
  5. Ainda não foi comprovado, mas muitos acreditam que para se gerar flores masculinas, basta colocar suas catasetums em um local sombreado.

Como Cuidar Das Orquídeas Catasetum

Existem alguns fatores essenciais para que a sua orquídea catasetum seja saudável.

Se você tomar cuidado com todos eles, pode ter certeza que sua orquídea terá ótimas florações.

Agora uma dica especial, se você quiser aprender todos os segredos do cultivo de orquídeas, pode baixar o nosso guia gratuito que já ensinou centenas de pessoas a conseguirem orquídeas lindas e saudáveis.

Para baixá-lo, clique no botão abaixo:

Guia Gratuito - Como Cuidar de Orquídeas

Receba gratuitamente o nosso guia gratuito sobre como cultivar orquídeas. E ainda ganhe um bônus especial.

Clique no botão abaixo para recebê-lo

➜ BAIXAR O GUIA

1º Temperatura

A temperatura ideal, ajuda para que sua orquídea seja resistente contra pragas e doenças e além disso, pode estimular a floração.

Catasetum-saccatum

No caso da catasetum, ela gosta de ambientes mais quentes, sendo que seu período de crescimento é durante o verão.

Nessa época, a temperatura ideal durante o dia é de 25ºC a 38ºC podendo variar um pouco.

E durante a noite de 16ºC a 18ºC também podendo variar alguns graus.

Após esse período, os pseudobulbos já terão amadurecido, então a temperatura ideal será de:

  • 21ºC a 29ºC durante o dia
  • 13ºC durante a noite, podendo variar um pouco.

2º Umidade

A umidade é um fator muito importante, e se ela estiver em excesso ou faltando, sua orquídea catasetum pode ser muito prejudicada por doenças.

Catasetum-osculatum

Existem várias doenças causadas pelo excesso de umidade, como por exemplo a podridão negra.

Além disso, a umidade interfere diretamente em outros fatores essenciais para o cultivo de sua orquídea, que são:

  • Temperatura (Com uma umidade alta, a orquídea aguenta mais calor)
  • Rega (Quanto maior a umidade, menos devemos regar)

Para a orquídea catasetum, a umidade ideal é de 40% a 60%, normalmente um clima um pouco mais seco.

3º Iluminação

Catasetum-expansum

Assim como a Brassavola e várias outras orquídeas, a catasetum prefere ficar em ambientes com a luz solar indireta.

Para verificar se sua orquídea está recebendo a quantidade ideal de luz, basta fazer a seguinte verificação:

  • A folha está com um verde mais escuro que o normal? Se sim, precisa de mais luz.
  • A folha está com um verde mais amarelado que o normal? Se sim, precisa de menos luz.

Uma dica, as catasetums gostam muito de luminosidade.

4º Rega

Chegamos a um dos fatores mais interessantes das orquídeas catasetum.

Isso porque a maneira de se regar elas é um pouco diferente da maioria das orquídeas.

Assim como as orquídeas dendrobium e todas as outras orquídeas, as catasetums têm um ciclo de vida que se repete várias vezes.

Ciclo-de-vida-das-orquídeas_LKA

  • Crescimento
  • Floração
  • Dormência

Basicamente, a catasetum precisa armazenar água para o seu período de dormência, porque ela não gosta de ser regada nessa época.

Então durante o período de crescimento, elas armazenam uma grande quantidade de água.

O que você deve fazer é regar bastante durante o período de crescimento das folhas de sua orquídea.

Quando os pseudobulbos estivem maduros, diminua aos poucos a frequência de sua rega.

Então após a floração, as folhas vão começar a secar e amarelar, então a catasetum vai perder todas as suas folhas e nesse momento começará o período de dormência.

Nesse período, você só pode regar sua orquídea se o pseudobulbo estiver muito ressecado.

Algumas dicas para o período de crescimento e a floração:

  • A rega deve ser feita somente pela manhã.
  • Evite regar em dias com umidade alta.

5º Adubação

Catasetum-cristatum Se você quer aprender como cuidar da catasetum, uma adubação correta vai fazer que:

  • Sua orquídea seja mais forte contra doenças
  • Produza flores em maior quantidade e beleza.

Quando a catasetum estiver no período de crescimento, use o NPK 30 10 10.

E após a formação dos pseudobulbos, use o NPK 10 30 20, desse modo você vai estimular a floração.

6º Ventilação

Esse pode ser considerado um dos fatores mais importantes para se evitar pragas em suas orquídeas catasetum.

Basicamente a ventilação em sua planta deve ser uma brisa, se possível não muito úmida.

O vento com a umidade ideal pode ajudar a sua orquídea a florescer.

Mas o vento úmido especialmente se combinado com temperaturas baixas, pode reduzir a resistência de sua orquídea.

O que eu recomendo é que você a coloque em um ambiente aberto em que a ventilação ocorra normalmente.

E que você tome cuidado em dias com um vento muito forte, especialmente dias de chuva.

6º Como Evitar Pragas

Evitar-pragas

Se você seguiu todas as dicas desse artigo, a sua orquídea catasetum estará saudável e dificilmente terá doenças.

Mas as pragas ainda poderão atacá-la, especialmente pulgões, cochinilhas e ácaros.

Para aprender a combatê-las, veja esse artigo.

E uma dica muito importante, a melhor maneira de se evitar pragas é sempre observando suas orquídeas.

Para ver mais dicas sobre como evitar pragas e doenças, veja esse artigo.

7º Como plantar

Plantar

As catasetums devem ser plantadas quando começarem a brotar e gerar novas raízes.

A grande diferença no plantio dessa espécie é que como ela brota para os dois lados, você deve colocá-la no centro do vaso ao plantá-la.

Sendo que o vaso ideal é o de plástico quando se está em locais mais secos e o de barro para locais com maior umidade.

Lembre-se de que o vaso deve deixar a orquídea com suas raízes apertadas, com muito pouco espaço.

Não deixe as raízes livres, pois isso vai atrapalhar o crescimento e a saúde de sua orquídea.

Veja no vídeo abaixo o passo a passo sobre como plantar a orquídea catasetum.

Espécies de Catasetum

Abaixo eu separei algumas das espécies mais famosas do tipo Catasetum.

  1. Catasetum barbatum: essa é uma planta epífita, e em alguns casos terrestres, nativa da América do Sul, aqui no Brasil é comumente encontrada nos estados Amazonas, Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás. Durante a sua floração, ela normalmente nos presenteia com 12 flores geralmente masculinas. As flores femininas nessa espécie normalmente são bem menores que as masculinas. Ela é uma orquídea que gosta de muito ar e muita luz indireta e quanto ao seu substrato, deve ser o usado em orquídeas epífitas.
  2. Catasetum fimbriatum: provavelmente a orquídea mais famosa do gênero catasetum, essa é uma orquídea brasileira que pode ser encontrada principalmente no centro oeste de nosso país. Normalmente você pode encontrá-la em matas com uma altitude que varia entre o nível do mar e 500 metros. Quanto as suas flores são bem perfumadas e normalmente aparece em grupos de 7 a 20 exemplares.
  3. Catasetum osculatum: esta é uma orquídea epífita que aparece principalmente no estado de Mato Grosso, tendo a sua floração ocorrendo no verão e em alguns casos ela pode florir até 3 vezes ao ano, cada floração tem em média 15 flores, cada uma com até 5 cm. Esta é uma orquídea que gosta muito de ser regada, mas você deve tomar muito cuidado para que não se acumule água em suas raízes, pois ela é muito suscetível a doença podridão negra.

Conclusão – Orquídeas Catasetum

Este foi o guia completo sobre como cuidar das orquídeas catasetum.

Se você tiver alguma dúvida sobre o que foi dito nesse artigo, deixe um comentário que vamos tentar te responder o mais rápido possível.

E se você gostou desse artigo, nos ajude a divulgá-lo para mais pessoas.

Clique nos botões abaixo e compartilhe este conteúdo com seus amigos.



Artigos Relacionados: