Orquídeas Catasetum – Como Plantar e Cultivar Essas Orquídeas

O gênero das orquídeas catasetum contém cerca de 176 espécies.

Sendo a sua maioria espécies de orquídeas epífitas, algumas sendo terrestres ou rupícolas.

São encontradas principalmente no continente Americano, desde o México, passando pela América Central até o norte da Argentina.

Destacando-se a Floresta Amazônica, pela sua grande quantidade de espécies.

No Brasil inteiro, estima-se que existam 100 espécies.

Uma característica muito curiosa é que esse gênero tem a capacidade de ter flores de ambos os sexos e raramente hermafroditas.

Como Cuidar Das Orquídeas Catasetum

Orquídeas-Catasetum

Para cultivar as orquídeas catasetum, você deve seguir os seguintes cuidados:

  1. Temperatura mais quente
  2. Umidade baixa (clima seco)
  3. Bastante luz indireta
  4. Regá-las corretamente em cada período
  5. Adubá-las com NPK 30 10 10 ou com NPK 10 30 20
  6. Vento leve

Abaixo você vai aprender mais a fundo sobre cada um desses fatores, mas saiba que as catasetum em geral são plantas bem simples de se cultivar.

Elas são orquídeas muito interessantes de se possuir, mas para que elas sejam saudáveis, você deve ter alguns cuidados.

E é sobre esses cuidados que vamos falar abaixo, se você segui-los pode ter certeza que sua orquídea terá ótimas florações.

Mas antes, que tal ter acesso ao nosso guia exclusivo?

Guia-exclusivo
Tenha Orquídeas Lindas e saudáveis em menos de 1 Mês

Acesse agora o guia exclusivo que já ajudou centenas de cultivadores iniciantes a terem orquídeas incríveis.

Seu e-mail está seguro

1º Temperatura

A temperatura ideal, ajuda para que sua orquídea seja resistente contra pragas e doenças e além disso, pode estimular a floração.

Catasetum-saccatum

No caso da catasetum, ela gosta de ambientes mais quentes, sendo que seu período de crescimento é durante o verão.

Nessa época, a temperatura ideal durante o dia é de 25ºC a 38ºC podendo variar um pouco.

E durante a noite de 16ºC a 18ºC também podendo variar alguns graus.

Após esse período, os pseudobulbos já terão amadurecido, então a temperatura ideal será de:

  • 21ºC a 29ºC durante o dia
  • 13ºC durante a noite, podendo variar um pouco.

2º Umidade

A umidade é um fator muito importante, e se ela estiver em excesso ou faltando, sua orquídea catasetum pode ser muito prejudicada por doenças.

Catasetum-osculatum

Existem várias doenças causadas pelo excesso de umidade, como por exemplo a podridão negra.

Além disso, a umidade interfere diretamente em outros fatores essenciais para o cultivo de sua orquídea, que são:

  • Temperatura (Com uma umidade alta, a orquídea aguenta mais calor)
  • Rega (Quanto maior a umidade, menos devemos regar)

Para a orquídea catasetum, a umidade ideal é de 40% a 60%, normalmente um clima um pouco mais seco.

3º Iluminação

Catasetum-expansum

Assim como a Brassavola e várias outras orquídeas, a catasetum prefere ficar em ambientes com a luz solar indireta.

Para verificar se sua orquídea está recebendo a quantidade ideal de luz, basta fazer a seguinte verificação:

  • A folha está com um verde mais escuro que o normal? Se sim, precisa de mais luz.
  • A folha está com um verde mais amarelado que o normal? Se sim, precisa de menos luz.

Uma dica, as catasetums gostam muito de luminosidade.

4º Rega

Chegamos a um dos fatores mais interessantes das orquídeas catasetum.

Isso porque a maneira de se regar elas é um pouco diferente da maioria das orquídeas.

Assim como as orquídeas olhos de boneca e todas as outras orquídeas, as catasetums têm um ciclo de vida que se repete várias vezes.

Ciclo-de-vida-das-orquídeas_LKA

  • Crescimento
  • Floração
  • Dormência

Basicamente, a catasetum precisa armazenar água para o seu período de dormência, porque ela não gosta de ser regada nessa época.

Então durante o período de crescimento, elas armazenam uma grande quantidade de água.

O que você deve fazer é regar bastante durante o período de crescimento das folhas de sua orquídea.

Quando os pseudobulbos estivem maduros, diminua aos poucos a frequência de sua rega.

Então após a floração, as folhas vão começar a secar e amarelar, então a catasetum vai perder todas as suas folhas e nesse momento começará o período de dormência.

Nesse período, você só pode regar sua orquídea se o pseudobulbo estiver muito ressecado.

Algumas dicas para o período de crescimento e a floração:

  • A rega deve ser feita somente pela manhã.
  • Evite regar em dias com umidade alta.

5º Adubação

Catasetum-cristatum Se você quer aprender como cuidar da catasetum, uma adubação correta vai fazer que:

  • Sua orquídea seja mais forte contra doenças
  • Produza flores em maior quantidade e beleza.

Quando a catasetum estiver no período de crescimento, use o NPK 30 10 10.

E após a formação dos pseudobulbos, use o NPK 10 30 20, desse modo você vai estimular a floração.

6º Ventilação

Esse pode ser considerado um dos fatores mais importantes para se evitar pragas em suas orquídeas catasetum.

Basicamente a ventilação em sua planta deve ser uma brisa, se possível não muito úmida.

O vento com a umidade ideal pode ajudar a sua orquídea a florescer.

Mas o vento úmido especialmente se combinado com temperaturas baixas, pode reduzir a resistência de sua orquídea.

O que eu recomendo é que você a coloque em um ambiente aberto em que a ventilação ocorra normalmente.

E que você tome cuidado em dias com um vento muito forte, especialmente dias de chuva.

6º Como Evitar Pragas

Evitar-pragas

Se você seguiu todas as dicas desse artigo, a sua orquídea catasetum estará saudável e dificilmente terá doenças.

Mas as pragas ainda poderão atacá-la, especialmente pulgões, cochinilhas e ácaros.

Para aprender a combatê-las, veja esse artigo.

E uma dica muito importante, a melhor maneira de se evitar pragas é sempre observando suas orquídeas.

Para ver mais dicas sobre como evitar pragas e doenças, veja esse artigo.

7º Como plantar

Para plantar a orquídea catasetum, siga os passos abaixo:

  1. Escolha o seu vaso (recomendo plástico ou terracota)
  2. Coloque um pouco de brita no fundo para facilitar a drenagem
  3. Colocar o substrato escolhido
  4. Encaixe a muda no centro do vaso
  5. Coloque mais substrato para fixar a muda
  6. Utilizar um palito de churrasco para realizar o tutoramento.

As catasetum podem ser plantadas no ano inteiro.

Plantar

Sendo que o mais recomendado é quando elas começarem a brotar e gerar novas raízes.

A grande diferença no plantio dessa espécie é que como ela brota para os dois lados, você deve colocá-la no centro do vaso ao plantá-la.

Sendo que o vaso ideal é o de plástico quando se está em locais mais secos e o de barro para locais com maior umidade.

Lembre-se de que o vaso deve deixar a orquídea com suas raízes apertadas, com muito pouco espaço.

Não deixe as raízes livres, pois isso vai atrapalhar o crescimento e a saúde de sua orquídea.

Caso você queira aprender mais, veja esse vídeo:

8º Plantio em Garrafa Pet

Agora, caso você queira plantar sua catasetum em uma garrafa pet, siga as dicas abaixo:

  1. Corte a garrafa pet no meio
  2. Na parte de baixo, faça furos nas laterais, mas não no fundo.
  3. Na parte de cima retire a tampa e faça furos nas laterais
  4. Colocar substratos na parte de baixo (brita, carvão e casca de pinus)
  5. Vire a parte de cima de cabeça para baixo e encaixe na parte de baixo.
  6. Colocar substrato na parte de cima
  7. Encaixar a catasetum no meio
  8. Fixá-la na garrafa com esfagno
  9. (opcional) Utilizar um tutor

Veja o vídeo abaixo para entender melhor esse tutorial, mas lembre-se a catasetum deve ser plantada no meio da garrafa.

Espécies de Catasetum

Como já dito, existem cerca de 176 espécies de catasetum e praticamente todas essas espécies são encontradas na América do Sul.

Abaixo estão algumas das principais espécies de catasetum:

  • Catasetum albovirens
  • Catasetum ariquemense
  • Catasetum atratum
  • Catasetum barbatum
  • Catasetum cassideum
  • Catasetum cernuum
  • Catasetum denticulatum
  • Catasetum fimbriatum
  • Catasetum fuchsii
  • Catasetum galeritum
  • Catasetum gladiatorium
  • Catasetum gnomus
  • Catasetum juruenense
  • Catasetum macrocarpum
  • Catasetum macroglossum
  • Catasetum mattosianum
  • Catasetum osculatum
  • Catasetum pileatum
  • Catasetum planiceps
  • Catasetum purum
  • Catasetum saccatum
  • Catasetum sanguineum
  • Catasetum semicirculatum
  • Catasetum socco
  • Catasetum spitzii
  • Catasetum trulla
  • Catasetum uncatum
  • Catasetum vinaceum

Algumas dessas plantas se destacam por sua beleza, outras pois são facilmente encontradas para se comprar.

Veja abaixo um pouco mais sobre algumas dessas espécies:

Catasetum barbatum

Catasetum-barbatum

A catasetum barbatum é uma planta epífita, e em alguns casos terrestres.

Ela é nativa da América do Sul, podendo ser encontrada no Brasil e também na Venezuela.

Aqui no Brasil é comumente encontrada nos estados:

  • Amazonas
  • Minas Gerais
  • Mato Grosso
  • Goiás

Durante a sua floração, ela normalmente nos presenteia com 12 flores geralmente masculinas.

As flores femininas nessa espécie normalmente são bem menores que as masculinas.

Ela é uma orquídea que gosta de muito ar e muita luz indireta e quanto ao seu substrato, deve ser o usado em orquídeas epífitas.

Catasetum fimbriatum

Catasetum-fimbriatum

A catasetum fimbriatum é provavelmente a orquídea mais famosa do gênero catasetum.

Essa é uma orquídea brasileira, mas também pode ser encontrada em vários outros locais da América do Sul.

Ela é encontrada principalmente em:

  1. São Paulo
  2. Minas Gerais
  3. Mato Grosso
  4. Mato Grosso do Sul
  5. Goiás
  6. Pará
  7. Paraná
  8. Entre vários outros estados

Normalmente você pode encontrá-la em matas com uma altitude que varia entre o nível do mar e 500 metros.

Uma dica: baixe agora nosso guia exclusivo e aprenda o passo a passo para cultivar suas orquídeas.

Guia-exclusivo
Tenha Orquídeas Lindas e saudáveis em menos de 1 Mês

Acesse agora o guia exclusivo que já ajudou centenas de cultivadores iniciantes a terem orquídeas incríveis.

Seu e-mail está seguro

Suas folhas são bem grandes e finas.

Já suas flores aparecem em hastes que variam entre 25 a 45 centímetros e podem aparecer entre 7 a 20 exemplares.

Sendo possível encontrar flores amarelas com partes vermelhas e em alguns casos flores verdes.

Para saber mais sobre essa planta, veja essa pesquisa.

Para cultivar a catasetum fimbriatum, siga as dicas abaixo:

  1. Forneça uma boa aeração para as raízes.
  2. Não deixe que a água se acumule no fundo do vaso, isso pode causar doenças graves.
  3. No período de dormência dessa planta, evite ao máximo molha-la.
  4. Ela é muito resistente a temperaturas altas e baixas, mas não exagere.
  5. Iluminação média, cerca de 50% de sombreamento.

Catasetum osculatum

Catasetum-osculatum-1

A catasetum osculatum é uma orquídea epífita que aparece principalmente no estado de Mato Grosso.

Tendo a sua floração ocorrendo no verão e em alguns casos ela pode florir até 3 vezes ao ano.

Cada floração tem em média 15 flores, cada uma com até 5 cm.

Essas flores podem ser principalmente de duas cores, verde e vinho.

Aquelas de cor vinho, são da chamadas de catasetum osculatum variedade vinho.

Esta é uma orquídea que gosta muito de ser regada, mas você deve tomar muito cuidado para que não se acumule água em suas raízes, pois ela é muito suscetível a doença podridão negra.

Catasetum macrocarpum

Catasetum-macrocarpum

A catasetum macrocarpum é uma orquídea um pouco mais fácil de se encontrar.

Ela é nativa da América do Sul, especialmente dos seguintes países:

  • Guiana Francesa
  • Brasil
  • Argentina
  • Venezuela
  • Colombia
  • Entre outros

Essa é uma orquídea epífita que pode ser encontrada em altitudes desde o nível do mar até 1300 metros.

Uma grande característica dessa planta é que suas flores exalam um cheiro muito forte e agradável.

Suas flores aparecem no final no verão e vão se abrindo aos poucos, mas não ficam totalmente abertas.

Elas duram cerca de 7 dias e são bem grossas.

Catasetum pileatum

Catasetum-pileatum

 

A catasetum pileatum é uma planta epífita encontrada na América do Sul.

Ela foi descrita no ano de 1882 por por Heinrich Gustav Reichenbach no jornal Crônica dos Jardineiro (Título original: The Gardeners’ chronicle :a weekly illustrated journal of horticulture and allied subjects)

Ela é encontrada nos seguintes países:

  • Brasil
  • Venezuela
  • Equador
  • Colômbia
  • Ilha da Trindade

Sendo que as primeiras descobertas dessa espécie ocorreram na Venezuela.

Elas foram descobertas e mandadas para a Inglaterra.

Sobre suas flores, elas assim como a grande maioria das catasetum podem ser de ambos os gêneros.

E nesse caso a diferenciação é muito simples.

As flores masculinas são maiores, aparecem em maior quantidade, são mais carnudas e duram mais tempo.

Essa é uma orquídea que gosta de temperaturas medianas, variando entre 15ºC a 30ºC.

Uma curiosidade é que ela era a flor nacional da Venezuela até o ano de 1951.

Mas foi trocada pela cattleya mossiae var wagnerii.

Catasetum cernuum

Catasetum-cernuum

A catasetum cernuum é uma orquídea bem pequena, normalmente seu tamanho é de 10cm.

Ela é considerada um planta de fácil cultivo e pode ser encontrada facilmente para se comprar.

Essa é uma planta epífita que é encontrada em diversos países da América do Sul, especialmente:

  • Brasil (SP, RJ, SC, RS, ES, MT, MG)
  • Venezuela
  • Trindade e Tobago

Ela foi descrita pelo biólogo John Lindley e é encotrada entre 200 a 1500 metros acima do mar.

Para cultivar a catasetum cernuum, você deve fornecer um clima mais quente, com sombra moderada e noites mais frias durante o inverno.

Ela tem entre 6 a 8 folhas e no inverno perde todas elas.

Já sua floração ocorre no outono e gera entre 10 a 15 flores que variam de 3 a 4 centímetros de largura.

Catasetum denticulatum

Catasetum-denticulatum
Fonte: aorquidea.com.br

A catasetum denticulatum foi descrita por Francisco Elde Miranda em 1986.

Ela é encontrada no estado de Rondônia e também na Amazônia.

Normalmente ela vivem em altitudes que variam de 100 a 300 metros e é epífita.

Sua floração ocorre entre a primavera e o verão.

Ela pode gerar até 15 flores cada uma com em média 4 centímetros de comprimento.

Essas flores normalmente são brancas e rosas com pintas de várias cores como marrom ou vinho.

Para cultivá-la você deve fornecer uma iluminação moderada e um descanso nos meses de dormência.

Ou seja, no período de dormência, diminua a rega e também a adubação.

Além disso, uma boa ventilação e uma rega sem molhar as folhas.

7 Curiosidades Sobre a Catasetum

Agora que você já aprendeu a cultivar a orquídea catasetum e também descobriu suas principais espécies, veja algumas curiosidades sobre essa planta:

  1. Grande parte das catasetum vivem em locais quentes, e por isso, uma temperatura mais alta normalmente é o recomendado para elas.
  2. Como dito anteriormente, elas possuem flores de ambos os sexos e hermafroditas (com menos frequência).
  3. Ela pode dar dezenas de flores, sendo que em algumas espécies são perfumadas.
  4. Após a floração, o pseudobulbo se torna espinhoso.
  5. Ainda não foi comprovado, mas muitos acreditam que para se gerar flores masculinas, basta colocar suas catasetums em um local sombreado.
  6. Muitos orquidófilos abreviam o nome catasetum para cstm.
  7. A orquídea fredclarkeara after dark é um híbrido desse gênero e também é conhecida como catasetum negro.

Conclusão – Orquídeas Catasetum

Este foi o guia completo sobre como cuidar das orquídeas catasetum.

Se você tiver alguma dúvida sobre o que foi dito nesse artigo, deixe um comentário que vamos tentar te responder o mais rápido possível.

E se você quer continuar aprendendo sobre orquídeas, baixe agora o nosso guia Os 7 Maiores Segredos Do Cultivo De Orquídeas.

Guia-exclusivo
Tenha Orquídeas Lindas e saudáveis em menos de 1 Mês

Acesse agora o guia exclusivo que já ajudou centenas de cultivadores iniciantes a terem orquídeas incríveis.

Seu e-mail está seguro

Se você gostou desse artigo, nos ajude a divulgá-lo para mais pessoas.

Clique nos botões abaixo e compartilhe este conteúdo com seus amigos.



5 comentários

  1. quero dicas de como cuidar de minha catasetum….tenho ela a dois ano e eu nunca vi ela florir….. ela estava em po de cafe,mais vi que ela nao estava indo pra frente e estava ficando muito enxarcada… as folhas comecarão a cair …agora tirei ela do po de cafe… arrumei a primeira cama de caco de telhas depois uns pal secos e uns pedacos de carvao.. e agora me ajude oq eu faco?…esta ceerto o meu substrato? me ajudem por favor….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *