Cattleya Intermedia – Tipos, Variedades e Como Cultivar Essa Orquídea

A cattleya intermedia é uma orquídea pertencente ao gênero das cattleyas.

Ela é nativa do Brasil, sendo encontrada principalmente no Sul.

Mas também pode ser encontrada em alguns estados do sudeste.

Os estados em que ela pode ser encontrada são:

  • Rio Grande do Sul
  • Santa Catarina
  • São Paulo
  • Rio de Janeiro

Essa é uma das espécies mais famosas entre as cattleyas.

Isso se deve a sua beleza e também a sua grande quantidade de variações.

Continue lendo esse artigo para aprender tudo sobre a cattleya intermedia, suas curiosidades e como cultivá-la.

Sua História

Cattleya-intermedia

Essa cattleya foi descrita no ano de 1828 por um botânico escocês chamado Robert Grahan.

Mas sua história começou alguns anos antes.

Guia-Das-Orquídeas
Descubra Os Maiores Segredos Do Cultivo De Orquídeas

Este guia passo a passo já ensinou centenas de cultivadores iniciantes a terem orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores.

Digite seu e-mail abaixo e receba-o gratuitamente.

Seu e-mail está seguro

No ano de 1824 ela foi encontrada aqui no Brasil e a pedido de uma pessoa chamada Harrison, esse exemplar foi mandado para o Jardim Botânico de Glasgow.

Lá eles a estudaram, perceberam que era uma espécie nova de orquídea e a nomearam como cattleya intermedia.

Esse nome pode ter 2 motivos:

  1. Pois suas flores possuem um tamanho intermediário se comparado às outras cattleyas.
  2. A sua flor teria um formato muito parecido com a cattleya loddigesii e a cattleya forbesii.

Desde então essa orquídea ficou muito famosa.

Sendo que ao longo dos anos os cultivadores fizeram milhares de híbridos com ela.

E eles conseguiram resultados muito interessantes, como a variedade flamea.

Como Cultivar a Cattleya Intermedia

Cattleya-intermedia-2

Com as várias hibridações disponíveis hoje, a cattleya intermedia se tornou uma espécie muito fácil de se cultivar.

Isso especialmente se você morar nas regiões onde ela aparece, ou seja, sul e sudeste.

Caso você more em outras regiões também é possível cultivá-la, mas isso pode ser um pouco mais trabalhoso.

As dicas abaixo vão te ajudar a cultivar essa planta.

Temperatura

Cattleya-intermedia-3

Essa é uma orquídea que vive em dois locais com temperaturas muito diferentes.

Algumas vivem no sul, onde a temperatura é mais baixa, nos estados do sul.

Mas outras nos estados São Paulo e Rio de Janeiro, onde a temperatura é bem maior.

Tente descobrir qual é o seu tipo de intermedia antes de cultivá-las.

Dica

Após as dicas de cultivo dessa espécie, eu vou explicar quais são as diferenças entre esses tipos de intermedia.

Desse modo, você vai conseguir identificar a sua planta.

Essas orquídeas aguentam temperaturas entre 5 a 35ºC.

Mas tente evitar esses extremos, pois eles podem atrapalhar o desenvolvimento dela.

Basicamente, você deve fornecer uma temperatura igual ou muito parecida ao ambiente em que elas vivem.

E lembre-se que para se estimular a floração, elas precisam de uma queda de temperatura.

Por isso, garanta que durante a noite fique cerca de 10ºC mais frio do que o dia.

Umidade

Cattleya-intermedia-4

Quanto a umidade, elas são plantas que gostam bastante de um local mais úmido.

Pois algumas delas vivem nos litorais das praias.

Para garantir que sua planta fique saudável, forneça uma umidade acima de 60%.

Se você não sabe qual a umidade média de sua cidade, faça o seguinte:

  1. Acesse um site de previsão de tempo
  2. Procure por sua cidade
  3. Veja qual é a umidade do dia

Se a umidade estiver muito alta (chuva), evite regar a sua orquídea.

E caso ela esteja muito baixa, coloque um vaso raso com brita e água perto de sua planta.

Rega

Cattleya-intermedia-5

A cattleya intermedia é uma planta que gosta muito de água.

Mas atenção, evite ao máximo que suas raízes fiquem com água acumulada.

Para regá-la, normalmente você vai seguir esse calendário:

  1. Verão: regá-la todos os dias.
  2. Inverno: diminuir um pouco a frequência de rega.

O que você deve fazer é verificar se o seu substrato está seco, caso ele esteja, está na hora de regar.

Se você não sabe verificar o seu substrato, veja o artigo como cuidar de orquídeas.

E por último, quando a floração estiver se aproximando, diminua um pouco a rega.

Desse modo você vai evitar o excesso de água, pois ele pode fazer sua planta perder seus botões de flores.

Substratos

Cattleya-intermedia-6

Os substratos podem variar muito de orquídea para orquídea.

No caso da cattleya intermedia, ela precisa de uma boa aeração nas raízes.

Por isso, algumas opções muito boas se você cultivá-la em um vaso são:

  • Casca de pinus
  • Brita
  • Esfagno (se for necessário aumentar a umidade)
  • Carvão vegetal

Você também pode fazer uma mistura entre esses substratos.

E lembre-se, um dos maiores erros que os cultivadores iniciantes cometem com a intermedia é deixar seus substratos ficarem velhos.

Por isso, busque trocar anualmente o seu substrato.

Pois ela não gosta de substratos velhos.

Se você quiser saber mais sobre os substratos para essa orquídea, pode ver essa pesquisa.

Adubação

Cattleya-intermedia-7

A adubação deve ser feita a cada 2 meses.

Misturando adubos orgânicos com adubos químicos.

Alguns adubos orgânicos que recomendo são:

  • Fish fértil
  • Osmocote

E quanto aos adubos químicos, você pode utilizar o NPK 10 10 10, utilizando 2 colheres a cada 2 litros de água.

Ou também o superthrive, 1 gota para cada 4 litros de água.

Onde Plantar

Cattleya-intermedia-8

A intermedia pode ser encontrada em diversos locais.

Desse modo, ela pode ser classificada de diversas formas:

  1. Epífita: fica apoiada em árvores.
  2. Rupícola: fica em fendas de rochas.
  3. Terrestre: fica em materiais orgânicos no solo.
  4. Psamófila: fica na areia.

E por isso, é um pouco difícil falar exatamente onde você deve plantá-la.

Primeiro descubra qual é o tipo de sua planta.

Se ela for epífita, você pode plantá-la em:

  1. Árvores (figueira, ipê e corticeira são algumas opções)
  2. Cascas de madeiras
  3. Troncos
  4. Vasos

Caso ela seja rupícola, eu recomendo que deixe-a em uma rocha mesmo.

Mas é pouco provável que sua planta seja rupícola.

Uma dica: baixe o nosso guia e receba um curso gratuito sobre o cultivo de orquídeas em seu e-mail.

Guia-Das-Orquídeas
Descubra Os Maiores Segredos Do Cultivo De Orquídeas

Este guia passo a passo já ensinou centenas de cultivadores iniciantes a terem orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores.

Digite seu e-mail abaixo e receba-o gratuitamente.

Seu e-mail está seguro

As terrestres devem ser plantadas em:

  1. Vasos (plástico, terra)
  2. No solo (com muita matéria orgânica)

E caso ela seja psamófila, você pode plantá-la:

  1. Areia (imitando seu habitat)
  2. Em vasos (exceto vasos pendurados)

Lembre-se de tentar sempre imitar o habitat de sua planta.

Iluminação

Como essas orquídeas estão acostumadas a viverem em praias, você pode perceber que elas gostam de uma iluminação grande.

O recomendado é que você forneça uma boa quantidade de luz durante o dia, mas sempre indireta.

E apenas durante o inverno quando o sol estiver mais fraco, coloque-a para receber sol direto nos horários mais fracos (antes das 10 e depois das 17)

Para verificar se sua orquídea recebendo uma iluminação adequada, veja o artigo manchas nas folhas das orquídeas.

Cattleya Intermedia Do Sul e Sudeste

Cattleya-intermedia-10

Agora vamos aprender como diferenciar esses dois tipos de intermedia:

Para fazer isso, veja se a sua planta possui algumas dessas características:

  1. Labelo um pouco mais para baixo
  2. Grandes
  3. Não possuem uma grande diversidade de cores.
  4. Sépalas e pétalas mais aproximadas

Se a sua resposta foi positiva, então sua orquídea é nativa do sudeste, mas caso seja negativa, então ela é nativa do sul.

Floração

Cattleya-intermedia-11

A floração é sem dúvida a parte mais interessante dessa orquídea.

Na grande maioria de suas variedades sua floração ocorre entre junho e outubro.

Ou seja, durante o inverno e a primavera.

Durante esse época, são realizadas competições e exposições apenas sobre essa espécie.

E se você cultivar bem  a sua orquídea e possuir a variedade correta, ela pode florir 2 vezes ao ano.

Nesse caso a segunda floração vai ocorrer no meio do verão.

Agora vamos conhecer um pouco mais sobre suas flores.

Flores

Cattleya-intermedia-12

A cattleya intermedia possui flores de várias cores como:

  • Rosa
  • Branco
  • Lilaz
  • Amarelo
  • Vermelho
  • Azul
  • Quase preto

E também possui flores com várias cores misturadas.

Em média essas flores possuem entre 6 a 13 centímetros de comprimento e aparecem de 2 a 13 flores por haste floral.

Sua floração dura entre 15 dias a 1 mês na maioria das variedades e são perfumadas.

Esse perfume é leve e possui um aroma doce.

Características

Cattleya-intermedia-9

Uma das grandes vantagens de se cultivar essa espécie é que elas geram flores muito cedo (3 a 4 anos).

E como dito no artigo como fazer sua orquídea florir, algumas orquídeas demoram para dar suas primeiras flores.

E graças a essa e outras vantagens, hoje a cattleya intermedia é conhecida internacionalmente.

Sendo exportada para vários países, principalmente o Japão.

Algumas características físicas dessa orquídea são:

  1. Porte médio a grande, pode atingir até 50cm de altura.
  2. Tem 2 ou 3 folhas e cada uma pode chegar até 20cm.
  3. Possui um crescimento simpodial.

Híbridos e Variedades

Desde 1856 pesquisadores e orquidófilos buscam construir uma “orquídea perfeita” com essa planta.

Sendo que atualmente já foram feitos mais de 3500 híbridos.

O provavelmente torna a intermedia a espécie de orquídea mais utilizada para fazer híbridos.

E além disso, existem as suas variedades.

Essas variedades foram criadas para se poder diferenciar os diferentes tipos dessa plantas disponíveis atualmente.

Existem 26 variedades e elas são usadas para diferenciar:

  • Forma das flores
  • Cor das flores
  • Forma das cores das flores

E as principais variedades da cattleya intermedia são:

  1. Tipo
  2. Alba
  3. Flamea
  4. Sanguínea
  5. Orlata
  6. Aquinii
  7. Vinicolor

Tipo

Cattleya-intermedia-tipo

É a mais comum entre as intermedia.

As cattleyas intermedia tipo são aquelas que são mais facilmente encontradas na natureza.

Ela possui pétalas e sépalas com cores coras.

E o seu labelo frontal tem uma cor mais purpura.

Algumas espécies famosas são:

  • Quantum (híbrido)
  • Milionária (híbrido)
  • Figueirinha

Alba

Cattleya-intermedia-alba

Muitos orquidófilos não gostam desse tipo de intermedia.

Elas as consideram como de uma qualidade inferior.

Basicamente suas pétalas e sépalas são brancas, e em alguns casos sua “garganta” pode ser amarela ou cor de creme.

Essa também é uma variedade comumente encontrada na natureza.

Flamea

Cattleya-intermedia-flamea

As cattleyas intermedia flamea são orquídeas muito belas.

Uma característica desse tipo de intermedia é que na sua parte superior sua cor começa a ficar mais forte.

E o seu labelo, possui a mesma cor apresentada nessa parte superior da orquídea.

Normalmente elas são rosas.

Sanguínea

Cattleya-intermedia-sanguinea

Essa difere das outras, pois é uma variedade bem rara.

São orquídeas que possuem pétalas e sépalas muito estreitas e um colorido muito forte em suas flores.

Sua cor é um purpuro escuro que se estende por toda a flor.

Orlata

Cattleya-intermedia-orlata

Sua principal característica é uma cor mais forte nas laterais de seu labelo.

Ela é muito bonita, pois possui um labelo muito grande e colorido.

Normalmente elas possuem um tom rosa.

Essa orquídea é um pouco parecida com a variedade tipo.

Aquinii

Cattleya-intermedia-aquinii

Abaixo está uma descrição mais técnica da intermedia aquinii.

Pétalas, sépalas e lobos laterais do labelo de qualquer cor.

Caracteriza-se por ter pétalas largas com convexidade em menor grau que as “pelóricas” e um estrangulamento no terço terminal das mesmas, as quais apresentam, em suas extremidades, duas grandes máculas (exceto no caso das albas e concolores), imitando o labelo.

Cattleya Intermedia – Proposta de Classificação das Variedades
Por Carlos Gomes

Vinicolor

Cattleya-intermedia-vinicolor

A grande diferença dessa espécie é o seu colorido.

Normalmente suas pétalas e sépalas são brancas, ou possuem um colorido bem fraco.

Já o seu lobo frontal tem uma cor de vinho.

Conclusão

Esse foi o guia completo sobre a cattleya intermedia, seus tipos, variedades e também como cuidar dela.

Agora você já sabe praticamente tudo sobre essa espécie.

Mas se você ficou com alguma dúvida sobre essa espécie, ou quer falar algo, deixe o seu comentário abaixo.

E se você gostou desse artigo, o compartilhe em suas redes sociais.



1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *