Substratos Para Orquídeas – Quais os Melhores? Como Usar?

Se você cultiva orquídeas, sabe da importância de se escolher um bom substrato para elas.

Uma orquídea plantada com os materiais corretos, consegue:

  1. Mais saúde
  2. Mais energia
  3. Mais flores

Por isso, continue lendo, porque neste artigo vou te ensinar de uma maneira simples, mas ao mesmo tempo detalhada como você pode escolher os melhores substratos para a SUA orquídea.

Todas As Orquídeas Precisam de Substratos?

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 1

Optei começar por este tema, porque é um erro muito comum se pensar que todas as orquídeas precisam de substratos.

Preste muita atenção nos 2 tópicos abaixo

Primeiro: orquídeas plantadas em vasos precisam de substratos, mas, orquídeas plantadas em árvores possuem uma necessidade menor de substratos. Normalmente apenas se coloca um pouco de esfagno no início para ajudá-las a se fixar na árvore.

Segundo: algumas orquídeas epífitas, como aquelas do gênero Vanda não precisam de substratos. Elas preferem ser plantadas penduradas, com as raízes livres.

Como Escolher Um Bom Substrato

No passado existia um material chamado xaxim, ele era retirado de uma árvore muito comum da Mata Atlântica e, por muito tempo foi considerado como o substrato ideal para orquídeas.

Bastava se colocar o xaxim e pronto.

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 2

“O xaxim, outrora abundante no ambiente natural, junto ao sub-bosque da Mata Atlântica, encontrado em áreas com mais de 800 metros de altitude foi vítima de suas próprias virtudes. O aproveitamento econômico de seu tronco como vaso e substrato para orquídeas e outras plantas, justamente para saciar a carência do verde e minimizar a falta de contato das cidades com a natureza, provocou o extermínio desta espécie e de suas hepífitas (planta que vive sobre outra planta) em solo brasileiro”

FONTE: Ameaçado de extinção, o xaxim tem sua industrialização e comercialização proibida há dez anos

Então Surgem Estudos Buscando Substitutos ao Xaxim

No início, a ideia era que o Coxim seria o substituto ideal, mas não era.

Foram feitas diversas pesquisas, com inúmeros substratos diferentes.

Mas, nenhum sozinho tinha as mesmas vantagens que o Xaxim.

Então, finalmente houve uma conclusão.

O ideal é que se faça um Mix de substratos. Ou seja, que você misture mais de um material, para que combinando as vantagens de cada um, você consiga oferecer o que sua orquídea necessita.

O Que Um Substrato Deve Oferecer Para a Orquídea

De maneira simples e direta, ele deve complementar o seu cultivo, dependendo de sua espécie e de seu clima.

Ou seja:

  • Se você cultiva em um local mais úmido, seu substrato deve reter pouca umidade
  • Se você cultiva em um local mais seco, seu substrato deve reter mais umidade

É claro, sempre levando em consideração as características de sua orquídea, se ela gosta muito ou pouco de umidade.

Além disso, existem outras características importantes que você deve olhar:

  1. Ser fácil de encontrar e barato
  2. Não possuir tanino (se possuir você pode remover com o vídeo que deixei logo abaixo)
  3. Ter peso para sustentar a planta no vaso
  4. Ter boa durabilidade
  5. Oferecer nutrientes para a planta

Lembrando que, dificilmente você vai encontrar um substrato com todas essas características, por isso, o mix de substrato é tão importante.

Conheça Os Melhores Substratos Para Suas Orquídeas

Existem centenas de substratos diferentes que você pode utilizar em sua orquídea.

Abaixo estão alguns dos mais famosos, juntamente com suas vantagens e desvantagens, para que você possa escolher qual o melhor para sua orquídea.

OBS: características como ser leve ou pesado, absorver muita ou pouca água serão colocadas na parte de vantagens (pois, dependendo de seu clima e dos outros substratos utilizados, essas características podem ser uma vantagem ou uma desvantagem)

BRITA

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 3

Granito triturado, você pode encontrá-las facilmente em construções. Mas, lembre-se de lavá-las muito bem antes de utilizá-las.

VANTAGENS: São pesadas (seguram a planta no vaso), durabilidade altíssima (dificilmente você precisará trocá-las), ajudam no enraizamento da
orquídea.

DESVANTAGENS: retêm sais minerais dos adubos (o que pode queimar as raízes de sua orquídea), não oferecem nutrientes para a orquídea

CASCA DE PINUS

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 4

É a casca triturada da Pinus ellioti, uma árvore muito comum no Brasil. Você pode facilmente encontrar esse substrato a venda em lojas dedicadas a jardinagem.

VANTAGENS: retém adubo, retém umidade, ajuda na aeração das raízes.

DESVANTAGENS: possui tanino, decomposição rápida (2 anos em média)

Ao utilizar casca de pinus, garanta que elas estejam em um tamanho médio (ao menos 1cm²), pois, caso sejam muito pequenas podem atrapalhar a aeração das raízes.

CARVÃO VEGETAL

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 5

É aquele carvão utilizado no churrasco, mas sem uso.

VANTAGENS: é leve, evita lesmas e caramujos, bactericida natural, seca rápido, durabilidade de 3 anos

DESVANTAGENS: acumula muitos sais minerais (o que pode queimar as raízes de sua orquídea)

CASCA DE MACADÂMIA

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 6

VANTAGENS: alta durabilidade, boa aeração para as raízes, rica em ácido fítico.

DESVANTAGENS: caso não seja bem lavada antes de se utilizar, pode atrair ratos.

ISOPOR

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 7

É um substrato muito utilizado em orquidários e, que pode ser facilmente encontrado.

VANTAGENS: muito leve, absorve pouca água, oferece uma boa aeração para as orquídeas e possui uma grande durabilidade

DESVANTAGENS: não oferece nutrientes para as orquídeas

Muitos cultivadores gostam de utilizar o isopor em conjunto com as britas.

ESFAGNO

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 8

O esfagno é um musgo retirado da beira de rios aqui no Brasil e também no Chile.

VANTAGENS: alta retenção de umidade e nutrientes, ajuda na fixação de orquídeas em árvores, durabilidade média (2 a 4 anos, dependendo da qualidade), é muito bom para mudas pequenas.

DESVANTAGENS: quando velho se compacta muito, o que atrapalha na aeração das raízes, você precisa tomar cuidado para comprar apenas de fornecedores confiáveis (porque em alguns locais a coleta de esfagno é proibida pelo IBAMA)

Conclusão

Estes são alguns dos substratos mais famosos, agora cabe a você escolher quais se adaptam mais a sua região e fazer um mix.

Uma dica é que você utilize brita no fundo do vaso, isso vai ajudar na fixação de sua orquídea e na drenagem do vaso.

Substratos Para Orquídeas - Quais os Melhores? Como Usar? 9

Terra como substrato na maioria das vezes não é uma boa ideia. Você só pode utilizá-la em orquídeas terrestres, como a Paphiopedilum (e mesmo assim, o ideal é utilizar compostos orgânicos).

O substratos citados acima são apenas alguns exemplos que você pode utilizar.

Além deles, também existem várias outras opções como:

  • Nó de Pinho
  • Casca de Peroba
  • Fibra de Coco
  • Coxim de Coco
  • Caroço de Açaí
  • Cacos de cerâmica
  • Casca de Cajazeira
  • Casca de Curatella
  • Casca de arroz carbonizada
  • Turfa
  • Pedra Ardósia
  • Ouriço de Castanha
  • Plug
  • Casca de café

Já fez o seu mix? Então comente abaixo como ele é feito, estou muito curioso para saber. Se você tiver qualquer dúvida, comente abaixo também que vou ficar muito feliz em te ajudar.

E, caso você queira aprender mais sobre o cultivo de orquídeas, veja os artigos abaixo:

Até a próxima 😀

Deixe Seu Comentário 👇

20 + nove =