Orquídeas Cyrtopodium – Descubra Tudo Sobre Essas Plantas

As cyrtopodium formam um gênero de orquídeas com 47 espécies aceitas atualmente.

Elas foram propostas no ano de 1813 por Robert Brown (1773 – 1858) um botânico e físico escocês muito famoso por suas descobertas.

Publicado no livro Hortus Kewensis, esse gênero é composto por espécies epífitas, rupícolas e terrestres.

As orquídeas cyrtopodium são encontradas nas Américas, principalmente nos seguintes locais:

  1. Estado da Flórida (EUA)
  2. México
  3. Brasil
  4. Argentina

Tendo grande destaque aqui no Brasil, pois podem ser encontradas em todos os estados.

Para saber mais características, curiosidades e também algumas dicas para cultivar essas orquídeas, continue lendo.

Características

Orquídeas-cyrtopodium

Cyrtopodium brandonianum

Essas são orquídeas de tamanho muito variado, mas na maioria das vezes são de porte médio ou grande.

Elas apresentam pseudobulbos muito próximos e grossos, em outros casos altos e mais finos.

Com suas folhas não é diferente, enquanto em algumas espécies elas não passam de 1cm de largura, em outros casos podem passar de 10cm.

Quanto a sua floração, para saber se ela vai florir, as regras abaixo podem ajudar:

  • O broto apareceu sozinho: então não vai florir
  • O broto apareceu junto com a haste floral: a cyrtopodium vai florir

Suas flores podem ser consideradas pequenas, mas aparecem em grande número.

Quanto a suas cores, normalmente são amarelas com pequenas manchas vermelhas.

OBS: se você quiser aprender mais sobre o cultivo de orquídeas, pode baixar o nosso guia Os 7 Maiores Segredos Do Cultivo de Orquídeas.

Para baixar o guia e ainda receber uma surpresa, digite seu e-mail abaixo:

Descubra Como Ter Orquídeas Magníficas em Menos de 1 Mês

Acesse agora o guia exclusivo que já ajudou centenas de cultivadores iniciantes a terem orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores.

➜ QUERO TER ORQUÍDEAS LINDAS

Curiosidades

Cyrtopodium-cipoense

Cyrtopodium cipoense

Apesar de não ser tão famosa entre os cultivadores, as cyrtopodium possuem algumas curiosidades bem interessantes.

Uma delas é em relação ao seu nome.

  • Cyrto vem de kyrtos e significa inclinado
  • Podium significa pé

Essa é uma referência a inclinação da coluna de suas flores.

Além disso, elas também são popularmente conhecidas por vários nomes aqui no Brasil, alguns famosos são:

  1. Sumaré (RJ e SP)
  2. Rabo de tatu (Nordeste)
  3. Cola de sapateiro (Goiás)

Essas são uma das raras orquídeas que são utilizadas para outros meios além da decoração.

Com a cyrtopodium são feitas pomadas que são utilizadas para a cicatrização e para o estancamento de sangue.

E por último, novamente uma curiosidade sobre o nome dessas plantas.

Você sabia que boa parte das espécies desse gênero possuem um nome relacionado a 3 coisas:

  1. Nome de alguma família
  2. Lugar onde foi encontrada pela primeira vez
  3. Alguma característica da orquídea

Veja alguns exemplos:

  • Cyrtopodium Andersonii (homenagem à Anderson)
  • Cyrtopodium Roraimense (homenagem à Roraima)
  • Cyrtopodium Gigas (nome dado em relação ao tamanho da planta)

Agora que você já aprendeu sobre as principais características dessa orquídea, vamos descobrir um pouco mais sobre como cultivá-la.

Cultivo das Cyrtopodium

Cyrtopodium-braemii

Cyrtopodium braemii

Apesar de não ser tão colecionada ou admirada pelos orquidófilos, essa orquídea pode te presentear com lindas florações.

Esse é um gênero muito resistente, mas um pouco complicado para se florir.

Em algumas espécies, é necessário uma diminuição de rega durante o seu período de dormência.

Para cultivar essa orquídea, siga os passos abaixo:

1º Descubra a sua espécie

Cyrtopodium-blanchetii

Cyrtopodium blanchetii

Como já dito, existem espécies terrestres, epífitas e rupícolas entre essas orquídeas, por isso, é essencial que você descubra qual é o seu tipo.

Para fazer isso, peça ajuda a orquidófilos mais experientes e busque identificar a sua orquídea.

Esse passo é de grande importância por 2 motivos.

  1. O cultivo varia muito entre essas espécies
  2. Ao identificar sua orquídea, você vai encontrar informações mais específicas sobre o cultivo dela.

Por isso, busque ao menos descobrir se sua orquídea é terrestre ou epífita e onde ela é nativa.

OBS: raramente você vai ter uma cyrtopodium rupícola.

2º Forneça as condições ideais para o cultivo.

Cyrtopodium-andersonii

Cyrtopodium andersonii

Praticamente todas as espécies de cyrtopodium precisam de uma grande iluminação (sol direto a maior parte do dia).

Além disso, você precisa garantir uma temperatura intermediária ou mais quente.

Quanto ao substrato, isso vai depender muito do tipo de sua orquídea.

  • Epífitas: forneça substratos para orquídeas epífitas como o carvão
  • Terrestres: plantá-la na terra com bastante materiais orgânicos é uma ótima opção

Ao escolher o substrato, garanta que ele possua uma ótima drenagem.

E quanto aos vasos, os mais recomendados são de terracota.

O tamanho do vaso vai variar de acordo com o tamanho de sua orquídea.

3º Forneça a rega e correta

Cyrtopodium-aliciae

Cyrtopodium aliciae

Existem dois tipos de cyrtopodium:

  1. Aquelas que em seu habitat natural passam por um período de seca
  2. Aquelas que ficam em locais úmidos o ano inteiro

As cyrtopodium do primeiro tipo são as mais comuns e, elas necessitam de alguns cuidados especiais para florir.

Primeiro, saiba que você deve oferecer esse período de seca durante a dormência dessa orquídea (normalmente em maio).

Nesse período, você não vai regar ou vai regar muito pouco e vai parar de adubar a sua orquídea.

Alguns sinais que essa orquídea mostra quando está entrando na dormência são:

  1. Queda das folhas
  2. Secagem de alguns bulbos
  3. Raízes secam (isso mostra que elas não vão absorver água, mesmo se você regar)

Após esse período, vão aparecer os brotos e talvez as hastes florais, então vá aumentando aos poucos a quantidade de rega.

Sobre as cyrtopodium que não precisam de uma diminuição de rega, normalmente elas gostam de uma umidade maior, por isso é importante descobrir de onde vêm a sua espécie.

Conclusão

As orquídeas cyrtopodium são plantas muito interessantes e diferentes para se ter em um orquidário.

Se você é uma pessoa com uma experiência um pouco maior no cultivo de orquídeas, essa pode ser uma ótima opção para se cultivar.

Se você gostou desse artigo, provavelmente também vai gostar desses:

Agora é a sua vez, deixe seu comentário abaixo e nos diga como estão as suas orquídeas.

E se você gostou desse artigo, o compartilhe em suas redes sociais, porque isso vai nos ajudar a chegar a mais pessoas.

Um comentário

  1. Thiago Ferreira 31 de janeiro de 2019

Compartilhe sua opinião:

Descubra Como Ter Orquídeas Lindas e Saudáveis em Menos de 1 Mês   ➜ QUERO APRENDER
+ +
Descubra Como Ter Samambaias Sensacionais em Menos de 1 Mês
Veja exatamente o passo a passo para se ter samambaias lindas em sua casa ou jardim (mesmo que você nunca cultivou antes)
Clique no botão abaixo para acessar o manual.
Vagas Limitadas!
Descubra Como Ter Samambaias Sensacionais em Menos de 1 Mês
Veja exatamente o passo a passo para se ter samambaias lindas em sua casa ou jardim. (Mesmo que você nunca cultivou antes)
Clique no botão abaixo para saber mais.
Vagas limitadas!
Descubra Como Ter Orquídeas Magníficas em Menos de 1 Mês
Acesse agora o nosso guia exclusivo e aprenda as melhores técnicas para que você consiga ter orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores em pouquíssimo tempo.
Digite seu e-mail abaixo para acessar o guia.
Descubra Como Ter Orquídeas Magníficas em Menos de 1 Mês
Acesse agora o nosso guia exclusivo e aprenda as melhores técnicas para que você consiga ter orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores em pouquíssimo tempo.
Digite seu e-mail abaixo para acessar o guia.
Descubra Como Ter Orquídeas Magníficas em Menos de 1 Mês
Acesse agora o nosso guia exclusivo e aprenda as melhores técnicas para que você consiga ter orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores em pouquíssimo tempo.
Digite seu e-mail abaixo para acessar o guia.
Vagas Limitadas!
Descubra Como Ter Orquídeas Magníficas em Menos de 1 Mês
Acesse agora o nosso guia exclusivo e aprenda as melhores técnicas para que você consiga ter orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores em pouquíssimo tempo.
Digite seu e-mail abaixo para acessar o guia.
Descubra Como Ter Orquídeas Magníficas em Menos de 1 Mês
Acesse agora o nosso guia exclusivo e aprenda as melhores técnicas para que você consiga ter orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores em pouquíssimo tempo.
Digite seu e-mail abaixo para acessar o guia.
Descubra Como Ter Orquídeas Magníficas em Menos de 1 Mês
Acesse agora o nosso guia exclusivo e aprenda as melhores técnicas para que você consiga ter orquídeas lindas, saudáveis e com várias flores em pouquíssimo tempo.
Digite seu e-mail abaixo para acessar o guia.