Ansellia Africana – Características, Curiosidades e Como Cuidar

A ansellia africana é a única orquídea do gênero ansellia, mas nem sempre foi assim.

Essa espécie foi descoberta por John Ansell um ajudante do botânico John Lindley e foi publicada no ano de 1944 no The Botanical Register por John Lindley.

A alguns anos atrás esse gênero continha mais 5 espécies, só que com o tempo foi-se percebendo que na verdade essas eram apenas variedades de uma mesma planta.

Esse erro aconteceu devido a grande variedade de formas e cores das flores.

Antigamente existiam:

  1. Ansellia gigantea
  2. Ansellia humilis
  3. Ansellia nilótica
  4. Entre outras

E hoje elas foram transformadas em variedades da ansellia africana.

  1. Variedade nilotica
  2. Variedade nigra
  3. Variedade black darkness

Para saber mais sobre essa espécie, suas características, curiosidades e como cultivá-la, continue lendo esse artigo.

Características

Ansellia-africana

A ansellia africana é uma planta de porte médio e em alguns casos grande.

Ela normalmente atinge cerca de 50 centímetros, mas em algumas variedades pode passar de 1 metro.

Ela é uma orquídea epífita e em alguns casos terrestre e como o nome já diz, ela é uma orquídea africana.

Por serem principalmente epífita, a ansellia possui raízes aéreas e uma coisa que você deve se lembrar, suas raízes são naturalmente brancas.

Em outras orquídeas, uma raiz branca pode significar falta de água, mas na ansellia não.

Você pode encontrar essa orquídea em seu habitat natural em costas secas perto de risos, normalmente em árvores altas.

É importante lembrar que elas vivem em áreas com muita seca.

Curiosidades e Informações Extras

Ansellia-habitat

Também conhecida como orquídea leopardo, a ansellia pode ser encontrada nos seguintes países:

Encontrado em Gana, Guiné-Bissau, Costa do Marfim, Libéria, Nigéria, Burundi, República Centro Africano, Camarões, Congo, Guiné Equatorial, Gabão, Golfo do Islands Guiné, Ruanda, Zaire, Sudão, Uganda, Quênia, Tanzânia, Angola, Malawi , Moçambique, Zâmbia, Zimbabwe, Botswana, Namimbia, Natal, Suazilândia e Transvaal África do Sul ao longo das costas quentes e rios para elevações de 2200 metros, mas geralmente abaixo de 700 metros. ORCHID SPECIES

E muitas pessoas confundem esse gênero com o Cyrtopodium.

Isso ocorre porque como elas vivem em habitats muito parecidos, com o passar dos anos elas foram evoluindo e se parecendo cada vez mais.

E além de ser uma orquídea utilizada para decoração, em alguns locais da África, essa planta também é utilizada para fins medicinais, como:

  • Curar a tosse em crianças
  • Remédio para provocar vômito (não sei porque)
  • Evitar o ex-amante de ter filhos
  • Curar a loucura

Durante a minha pesquisa, eu encontrei esse artigo científico falando sobre os benefícios médicos dessa planta.

Caso você queira saber se essas receitas realmente funcionam ou conhecer outros benefícios dessa planta para a medicina, clique aqui.

Flores

Ansellia-africana-flor

As flores dessa orquídea foram o motivo para tanta confusão em relação as espécies.

Existem diversos formatos e também diversas cores que podemos encontrar na natureza, mas normalmente elas são bem parecidas.

As flores possuem entre 5 e 6 centímetros de diâmetro e podem durar até 15 dias.

Elas aparecem no final do caule e são meio amareladas e com manchas.

Essas manchas podem ser de diversos formatos e cores.

Normalmente a floração ocorre após o inverno ou durante o verão gerando cerca de 20 flores.

Cultivo da Ansellia Africana

Essa é uma planta de cultivo simples.

Ela é muito resistente e se você vive em uma região com temperaturas mais altas, essa é a escolha ideal.

A ansellia africana gosta muito de temperaturas mais quentes e durante o inverno que sua rega seja diminuida.

Abaixo eu vou explicar um pouco mais sobre esses fatores.

Umidade

A umidade deve ser média, não muito alta nem muito baixa.

O recomendado é algo entre 65% a 75%.

Lembre-se que a umidade é muito importante para combater doenças e deixar a sua orquídea saudável, por isso, busque oferecer um bom local para sua orquídea.

Iluminação

Ansellia-africana-var.-black-darkness

Essa assim como as orquídeas chuva de ouro gosta muito de luz.

A ansellia deve ter uma grande exposição a luz, mas sempre de modo indireto.

Para que você saiba se está fazendo isso da maneira correta, observe suas folhas.

Se elas estiverem amareladas, você está fazendo certo.

Mas lembre-se, é só no caso da ansellia que esta regra se aplica, em outras orquídeas, folhas amareladas significa excesso de sol.

Caso as folhas da ansellia africana estejam amareladas, ela terá uma ótima floração.

Substrato

Substratos-Para-Orquídeas

O substrato depende muito de onde você for cultivar a sua orquídea.

Por exemplo, caso escolha cultivá-las em uma árvore, não precisa colocar substrato.

Mas caso a cultive em um vaso ou cesto, isso pode ser necessário.

O substrato para a ansellia deve ter uma excelente drenagem e principalmente fornecer uma boa aeração para as raízes.

Por isso, alguns dos substratos recomendados são:

  1. Carvão
  2. Brita
  3. Turfa
  4. Casca de pinus
  5. Entre outros

E lembre-se o replantio deve ocorrer assim que os substratos começarem a ficar velhos.

Rega

orquídea-ansellia-africana

A rega é o fator mais complicado na hora de cultivar essa orquídea.

Isso porque como elas em seu habitat natural ficam muito tempo sem água, em sua casa ou jardim, você terá que fazer a mesma coisa.

Basicamente, durante o período de crescimento dessa orquídea, ela deve ser regada após o substrato secar.

Já durante os outros períodos, você deve diminuir a quantidade de rega.

Durante o inverno, você deve diminuir drasticamente a periodicidade que molha sua planta.

Regue de tempos em tempos e se possível apenas faça a vaporização.

Esse período de seca durante o inverno é necessário para que a ansellia floresça.

Onde Cultivar

Escolha-o-Vaso-Correto

A ansellia é uma orquídea epífita e de grande ou médio porte, por isso, é recomendado que você a cultive em algum dos seguintes locais:

  • Árvores
  • Cachepôs
  • Cestas penduradas
  • Vasos fundos

Evite vasos rasos e também não a planta na terra.

A escolha do local certo vai ajudar muito na hora de cultivar sua planta.

Temperatura

E por último a temperatura.

Essa é uma orquídea que vive em locais quentes e não está acostumada com o frio.

Por isso, ela é ideal para pessoas que vivem em locais com temperaturas mais quentes.

Ela gosta de temperaturas maiores em seu período de crescimento e durante o seu descanso, essa temperatura deve abaixar um pouco.

Conclusão

Esse foi o artigo sobre a orquídea ansellia africana, se você tem essa orquídea ou pretende ter, deixe o seu comentário logo abaixo.

A sua opinião é muito importante para nós.

E caso queira continuar aprendendo sobre as orquídeas, eu recomendo que dê uma olhada nesses artigos.

Muito obrigado por ler até aqui, nos ajude a atingir mais pessoas compartilhando esse artigo em suas redes sociais.

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *