Características e Curiosidades Sobre a Orquídea Mariposa

As phalaenopsis ou orquídeas marioposa são uma das orquídeas mais cultivadas entre os orquidófilos iniciantes.

Elas são muito famosas entre os cultivadores, pois são fáceis de se cultivar, possuem flores incríveis e também podem ser facilmente encontradas em qualquer local onde se venda orquídeas.

Se você possui ou quer possuir uma phalaenopsis, eu recomendo que leia esses artigos:

  1. Orquídeas Borboleta (Phalaenopsis) – Como Cuidar Em 12 Passos
  2. Floração Das Orquídeas Phalaenopsis – Como Fazê-la Florir Muito
  3. Phalaenopsis Violacea – Descubra Os Segredos Para Cultivá-la

Agora que você já tem acesso a várias informações sobre essa espécie, vamos aprender alguns detalhes um pouco mais técnicos.

Nesse artigo, você vai aprender algumas características e curiosidades sobre as orquídeas borboleta ou phalaenopsis.

Sobre As Phalaenopsis

Sobre-as-phalaenopsis

O gênero de orquídeas phalaenopsis tem 75 espécies.

Elas são nativas de toda a Ásia tropical, sendo encontrada principalmente no sudeste da índia.

Distribuindo-se por vários países, especialmente em:

  • Nova Guiné, no norte da China, Nepal;
  • Taiwan, Austrália;
  • Filipinas (que contém a maior riqueza de diversidade de phalaenopsis).

As phalaenopsis foram catalogadas em 1825 por Karl Ludwig von Blume.

Sendo que seu nome phalaenopsis significa parecida com uma mariposa.

Ela recebeu esse nome devido a sua aparência que lembra uma borboleta ou mariposa.

  1. Phalaen significa mariposa;
  2. Nopsis significa parecida.

Em sua grande maioria, as phalaenopsis são plantas epífitas, crescendo em cima das árvores, mas sobre uma altura baixa.

Elas também podem crescer sobre rochas cobertas de musgo.

Lembre-se de que uma planta epífita não é um parasita, ela só usa a árvore para se apoiar.

Entre as suas principais espécies estão:

Phal.amabilis, Phal.aphrodite, Phal.cornucervi, Phal.fasciata, Phal.hieroglyphica, Phal.lobbii, Phal.lueddemanniana, Phal.manii, Phal.mariae, Phal.sanderiana, Phal.schilleriana, Phal.violácea

JOÃO DE PÁDUA NEVES

Características Das Phalaenopsis

Características-das-phalaenopsis

As orquídeas mariposa praticamente não tem caule, suas folhas são largas e gordas, o que as ajuda a armazenar água.

Suas raízes são grandes, flexíveis e bem grossas.

Esse gênero pode ser considerado ligado com o gênero Kingidium, devido as suas características.

Sendo que vários botânicos consideram os dois gêneros idênticos.

Além disso, ela tem vários híbridos com outras espécies, como por exemplo:

  • Phalaenopsis + dorotis = doritaenopsis

Informações Interessantes Para o Cultivo

Orquídea-mariposa

Seu tipo de crescimento é o monopodial, ou seja, elas crescem para cima.

Na natureza, elas podem ser encontradas, em florestas e planícies úmidas e em alguns casos, locais mais secos.

Estando sempre protegidas contra a luz solar direta.

Atualmente ela está entre as orquídeas mais cultivadas do mundo, com centenas de híbridos distribuídos por todo o mundo.

Essa popularidade, vem do fato que a phalaenopsis é uma orquídea de fácil cultivo.

E além disso, pode florescer até 3 vezes em um ano.

OBS: muitas pessoas acreditam que a orquídea denphal é um cruzamento de uma Phalanopsis com uma orquídea Dendrobium, isso é um mito.

Tipos De Orquídea Mariposa (phalaenopsis)

Orquídeas-phalaenopsis-características

Existem dois tipos de orquídeas phalaenopsis, mas o cultivo de cada uma não varia muito.

O primeiro tipo é o padrão.

Ele pode atingir até 1 metro de altura com várias flores durante a sua floração.

Já o segundo tipo é chamado de phalaenopsis miniatura.

Sendo que esse tipo não passa de 30 cm de altura e a sua floração contém menos flores que as do tipo padrão.

Habitat Natural

Na natureza, as orquídeas mariposa estão protegidas de luz solar direta, e em sua maioria elas vivem em um ambiente mais úmido.

Além disso, elas também possuem um ótimo sombreamento devido a sombra das árvores.

Sempre tente imitar as condições naturais de sua phalaenopsis, assim você terá sucesso em seu cultivo.

Sobre As Raízes

As phalaenopsis sempre tem um grande número de raízes, que normalmente elas usam para se fixar nas árvores e rochas.

E saber mais sobre as raízes dela, vai te ajudar a cultivar melhor sua orquídea phalaenopsis.

Ela têm esse grande número de raízes porque assim como as orquídeas sapatinho, ela não possui pseudobulbos.

E por isso, ela necessita muito de suas raízes para sobreviver.

Então não se assuste caso ela comece a ter raízes crescendo para fora do vaso que você plantou.

Isso é normal, ela é uma planta epífita, e vai querer buscar apoio com suas raízes.

O que toda raiz de phalaenopsis precisa são os seguintes itens:

  • Luz (fazer fotossintese)
  • Ar (Fotossíntese e simbiose)

Ao olhar suas raízes, nós podemos perceber se sua planta é saudável ou não.

Basicamente, quando elas estão duras, com uma cor mais forte, normalmente um verde cinzento ou apenas verde elas estão saudáveis.

Mas quando estão secas e com um tom mais preto, elas estão mortas ou estão quase morrendo.

Isso porque, quando a cor está verde, demonstra que elas estão conseguindo absorver a luz pelas raízes e realizar corretamente a fotossíntese.

Folhas Substituindo Os Pseudobulbos

Orquídea-branca

As phalaenopsis não tem pseudobulbos e as orquídeas utilizam os pseudobulbos para armazenar nutrientes e também a água.

No caso das phalaenopsis elas usam suas folhas para essa função, por isso, se você reparar vai perceber que as folhas delas são mais grossas.

Além disso, elas são mais largas, o que é bom e ruim.

  1. É bom pois: elas aumentam a capacidade de armazenamento da planta, fazendo assim ela ser mais resistente.
  2. É ruim pois: elas aumentam a transpiração da folha, por isso cuidado com a desidratação de sua phalaenopsis.

Apesar desse problema de desidratação, a phalaenopsis é uma orquídea que consegue aguentar melhor a falta de água do que o excesso.

O excesso pode apodrecer suas raízes e atrapalhar seu desenvolvimento ou gerar doenças.

A Grande Importância Das Raízes

Orquídeas-borboleta-curiosidades

Além das folhas, as orquídeas mariposa possuem uma “arma secreta para conseguirem captar mais água”.

Essa arma secreta são suas raízes.

Com o passar do tempo, as raízes das phalaenopsis foram evoluindo, e com isso desenvolveram um tecido chamado velame.

Sendo que sua função é muito simples, ajudar as raízes a absorver e armazenar água.

Então basicamente, a phalaenopsis faz o seguinte ciclo:

Absorve a água pelas raízes utilizando o velame e em seguida armazena a água nas folhas ou em suas raízes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *